Make your own free website on Tripod.com
Notícias | Ferrovias | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | TUs | Modelos | Maquetes | História do hobby | Iniciantes | Cartas | Revista | Índice | Help | Links | E-mail | English | Home

As inscrições dos carros de aço Budd | Tabela III – Carros Budd da EFCB | Os carros Budd da Central | "Dois clássicos..." | Notas para o detalhamento dos novos carros Frateschi | Inscrições da Central | O projeto Budd | Dever de casa

As inscrições dos carros de aço Budd

José Emílio Buzelin — Centro-Oeste n° 64 — 10-Mar-1992

A propósito do excelente lançamento dos Decais LAF para os carros Budd — prontamente noticiado no DC-21 —, gostaria de fazer algumas observações que, espero, venham a somar como dicas aos companheiros que também admiram os carros de aço.

As inscrições "CENTRAL" e "DCT" estão corretas, mas lembro que não devem ser usadas diretamente, tal como estão espaçados na folha LAF. A Budd Co., em sua resenha original de plantas, nos projetos da série 035 (C. of B. Railway), indica cotas diferenciadas de posicionamento das letras.

Muito simples: deve-se colocar a letra "T" de "CENTRAL" exatamente no centro do carro, e as demais letras, intercaladas sobre o centro das janelas e o centro das colunas que as separam. A Fig. 1 (fora de escala) e a Tabela 1 mostram em detalhe esse aspecto.

A numeração original não corresponde à "usual", que vigorou durante décadas, como foi corretamente comentada no DC-21/2 (de 1957 até a implantação do Sigo, nos anos 80). Igualmente, a inscrição "CENTRAL" só foi trocada por "RFFSA" no final dos anos 70.

Portanto, quem ornar seus carros utilizando os prefixos / números e inscrição "CENTRAL" da cartela LAF estará atendendo a uma das fases de reclassificação dos carros Budd da EFCB. Estas fases foram 4, a saber:

  • Numeração Original (de fábrica, indicação EFCB)
  • Numeração Intermediária
  • Numeração Usual (de 1957 até o Sigo, anos 80)
  • Numeração Sigo (em vigor)
Tabela I - Distanciamento correto entre as letras
Correio "DCT" ref. 2500 Frateschi (com a letra "C" posicionada no centro)
20 mm
Cota do marco da porta à letra "C"
45 mm
Poltrona 1ª classe para 76 passageiros ref. 2501 Frateschi (com a letra "T" posicionada ao centro)
10 mm
Restaurante ref. 2502 Frateschi (com a letra "T" posicionada ao centro)
13 mm
Cotas transferidas para HO segundo dados das plantas respectivas:
T42035960 / T42035964 / T42035962 — The Budd Company - Philadelphia - PA

Para a aplicação dos decais, será necessário "esconder" ou retirar a inscrição "RFFSA" nos carros.

Com raras exceções, dificilmente a tonalidade prata aceita retoques sem deixar marcas. Aos que não dispõem de aerógrafo, indico a excelente Tinta Spray para Isopor Prata, Acrilex, ref. 10336 — feliz sugestão do Catálogo Centro-Oeste. Mas os que quiserem obter um resultado de primeira devem retirar a tinta original, com soda cáustica (CO-15/4), e re-pintar com aerógrafo. No meu caso, o spray Acrilex resolveu satisfatoriamente.

O carro correio "DCT" apresenta condições interessantes. Identificado originalmente como série "R", para os EUA, constitui um legítimo carro bagagem — e, no entanto, aplicado no Brasil como MSC — Mail Storage Car, que, na expressão literal de sua função, não deixou de ser um carro para "bagagens postais".

Os companheiros que têm seus carros Budd Frateschi reparem o seguinte: as placas laterais de identificação — numeração e prefixo dos carros — são idênticas nos demais tipos, porém são maiores no carro correio.

Quando chegaram ao Brasil, em 1949, além da inscrição DCT — do antigo Departamento de Correios e Telégrafos —, no alto, também havia embaixo a inscrição "CORREIO", acompanhando a numeração e o prefixo. Por exemplo: "CORREIO R-101". Daí porque, nestes carros, a placa de identificação é mais longa.

Na década de 60, a inscrição "CORREIO" foi retirada da placa de identificação, mantendo-se apenas a numeração e o prefixo, já na série "C".

Tabela II - Tipos de carros
Tipo
Qtd
Administração
1
Correio (MSC - Mail Storage Car)
7
Bagagem / Chefe de Trem (RPO - Rail Postage Office)
7
Restaurante
7
Roomette (cabines individuais)
4
Double Bedroom (cabines duplas)
19
Salão (Observation)
2
1ª Classe 56 passageiros
2
1ª Classe 76 passageiros
14
Total: 9 tipos
63

Fica a sugestão, para os amigos da LAF incorporarem mais este dado, quando — e se — possível. Para quem quiser se adiantar, a cartela DecalcLetra n° 73 (1,5 mm) resolve este detalhe.

Fase Original (1ª)

Desconheço o sentido dos prefixos. Fiz a avaliação a seguir procurando aproximar-me do significado mais lógico. Note que os prefixos RT, DM, F e B já apareciam em carros de passageiros da EFCB — por exemplo, os do Cruzeiro do Sul, fabricação ACF / Alco, antecessores dos carros Budd.

  • A — Administration
  • R — Route
  • F — Freight (bagagem e malas postais)
  • RT — Restaurant
  • DM — Dormitory
  • B — ?
  • BS — Saloon? B de Business?

Fase Intermediária (2ª)

  • O — Observação
  • C — Correio
  • M — Malas (?)
  • RL — Restaurante Leito (era comum acomodar as comissárias de bordo no próprio carro restaurante, após encerrar os serviços)
  • PDL — Poltrona Dormitório Leito (as cabines duplas e individuais podem se transformar em pequenas salas com sofá e poltronas)

Fase Usual (3ª)

Para facilitar a identificação dos carros, a classificação usual foi a mais racional, pois definiu melhor os prefixos com as funções.

  • O — Observação
  • C — Correio
  • B — Bagagem
  • R — Restaurante
  • DC — Dormitório Cabine
  • PL — Poltrona Leito
  • P — Poltrona
  • DP — Dormitório Poltrona

Fase Sigo (4ª)

A RFFSA reclassificou seus carros — os poucos que ainda tem — em Inox (estrutura em aço inoxidável) e Carbono (estrutura em aço carbono). Por ex.: PC-6712-1, Poltrona Carbono.

  • BI — Bagagem Inox
  • RI — Restaurante Inox
  • DI — Dormitório Inox
  • LI — Leito Inox
  • PI — Poltrona Inox
  • FI — Final Inox (carro cauda)

Sigo — Sistema de Gerenciamento Operacional. – Sistema por computador que, entre outras coisas, acompanha e localiza qualquer carro, vagão ou locomotiva da Rede, em todo o País.

Os carros poltrona

Os carros Budd estão conservados no Depósito de São Diogo, próximo à estação D. Pedro II, Rio, RJ.

As inscrições dos carros de aço Budd | Tabela III – Carros Budd da EFCB | Os carros Budd da Central | "Dois clássicos..." | Notas para o detalhamento dos novos carros Frateschi | Inscrições da Central | O projeto Budd | Dever de casa

News | Railroads | Stations | Locomotives | Diesel | Steam | Electric | Passengers | Freight | Unit trains | Models | Model railroads | Hobby in Brazil | Beginners | Letters | Issues | Table of matters | Help | Links | E-mail | Português | Home